]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
Publique sua startup!
Conheça o mapa do empreendedorismo
Por Tiago Bosco em 08/09/2014
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Desenvolvido para fazer um diagnóstico mais preciso do ecossistema de startups do país e ao mesmo tempo criar uma interface para facilitar o diálogo e a troca de informações entre empreendedores de diferentes regiões, o Startup Culture (http://www.startupculture.com.br) também realiza um mapeamento dos principais nichos de empreendedorismo no país.
Em entrevista à Wide, Fabio El Beck, idealizador da ideia, fala como nasceu e funciona esta pioneira plataforma.



Startup Culture - www.startupculture.com.br

WIDE Como nasceu o Startup Culture? Qual o objetivo do projeto?
FABIO EL BECK
Analisando este ecossistema há três anos, percebi que não existia um local onde se pudesse trocar experiências, saber o que está acontecendo, quais startups estão surgindo, ter feedback das ideias, saber como e por onde começar, parte burocrática e outras tantas necessidades.
O Startup Culture nasceu para ajudar a consolidar uma comunidade empreendedora nacional, trazendo conteúdo relevante para o desenvolvimento das startups e ideias de diversos empreendedores, tentando abranger todas as demandas/necessidades do empreendedor.

"O Startup Culture nasceu para ajudar a consolidar uma comunidade empreendedora nacional"


WIDE E como funciona na prática o Startup Culture?
FABIO EL BECK
O Startup Culture serve com um mapeamento do ecossistema de startups do país, mostrando onde estão os principais nichos de empreendedorismo.
Por isso, qualquer um que fizer parte do ecossistema, entra e cadastra para que possa saber o que esta acontecendo ao seu redor e quem são os principais players na sua cidade. Na versão MVP, que está no ar, a principal vantagem é ser visto e saber o que acontece ao redor. Entretanto, melhorias estão sendo pensadas e testadas para que a plataforma evolua e ofereça mais serviços para os empreendedores.

WIDE Como é realizado o cadastro das startups, aceleradoras, incubadoras etc.? Existe algum critério estabelecido por vocês?
FABIO EL BECK
Como estamos com poucas semanas de plataforma, estamos deixando aberto o cadastro para todos os players.
O interessante é mapear qualquer iniciativa empreendedora, de qualquer magnitude e inovação, para que possamos ter o contato dos empreendedores, pois amanhã uma startup pode acabar, mas o empreendedor jamais deixará de empreender.

"A cultura empreendedora não é difundida nas escolas e universidades e muitos não sabem por onde começar"


WIDE Por meio desse mapeamento, você já tem alguma noção de quais têm sido as áreas/nichos mais procuradas pelas startups brasileiras?
FABIO EL BECK
Nós estamos fazendo este levantamento através dos cadastros, mas estamos esperando para que tenha o mínimo de startups que achamos interessante, para, aí sim, fazer a divulgação de um infográfico com essas e outras informações. Por ora, pela precocidade do projeto, ainda não estamos "falando em números".

WIDE Muita gente afirma, inclusive o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, que o maior problema das startups brasileiras não é a falta de dinheiro. Qual a sua opinião sobre esse tema? E qual seria para você o maior problema que as startups nacionais têm encontrado?
FABIO EL BECK
Muitas pessoas que pensam em empreender acham que vão abrir um negócio e ficar milionários sem ter que trabalhar muito. E isso vai na contramão do perfil de um empreendedor de sucesso. Esse tema, assim como a falta de dinheiro, não pode servir como barreira e se transformar em paradigma. Dinheiro não vai fazer uma startup, mas determinação, resiliência, excelente poder de execução e liderança vão fazer uma startup de sucesso.
O maior problema para mim não é dinheiro, é a educação. A cultura empreendedora não é difundida nas escolas e universidades e muitos não sabem por onde começar, pois desde a escola só existe uma resposta certa e tudo o que precisa saber, está na apostila. Não existe apenas uma resposta certa e, muito menos, uma apostila com regras e métodos para empreender e ter sucesso.

Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)