]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
E as marcas mais valiosas no futebol?
Resultados esportivos determinam mudança no ranking
Por Tiago Bosco em 19/06/2017
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!


O Real Madrid destronou o Barcelona e é agora a marca de futebol mais poderosa do mundo. Quem afirma é a Brand Finance (http://brandfinance.com), consultora de valor e estratégia, que anualmente realiza um estudo para analisar o poder dos grandes clubes de futebol a nível mundial. O Manchester United, da Inglaterra é, no entanto, a marca mais valiosa e o Newcastle, também do Reino Unido, a que mais cresceu em 2017.

O estudo Brand Finance Football 50 analisa dados como a capacidade, tamanho e valor do estádio, presença dos clubes nas redes sociais, desempenho no campo, satisfação dos fãs, fairplay, uso do estádio e receitas para definir o Índice de Força da Marca (IFM), numa escala de 0 a 100. Tem também em conta todos resultados da temporada esportiva.

Segundo o relatório, a rivalidade entre Real Madrid e Barcelona, o seu desempenho na Europa e os seus estilos de futebol tornam as suas marcas "incomparáveis". Nos últimos anos, o Barça esteve na primeira posição, mas os títulos na La Liga e na Champions League levaram o Real ao primeiro lugar, passando de um IFM de 94,6 em 2016 para 96,1 neste ano, tendo o Barcelona registado um índice de 95,4.

Apesar do poder no Real, é o Manchester United que vale mais. Enquanto a equipa inglesa vale 1.733 bilhões de dólares, a equipa de Cristino Ronaldo fica pelos 1.419 bilhões. Já a marca que mais cresceu foi o Newcastle, um crescimento de 92% face a 2016, graças à subida à primeira divisão.
O Brand Finance Football 50 indica ainda que no top 10 das marcas mais valiosas estão cinco equipas inglesas, com o Chelsea e o Tottenham a registrar dos maiores ganhos deste ano, e que os clubes da Premier League representam 46% do valor total das marca de futebol, mais do dobro de outras ligas.

No Brasil...
Segundo último estudo da BDO Brazil, o Flamengo aparece em primeiro lugar, seguido por Corinthians e Palmeiras, que passou o São Paulo.

Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)