]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
Criando uma boa página de checkout para sua loja virtual
Descubra todos os elementos que sua página de checkout precisa ter
Por Tiago Bosco em 26/06/2017
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!



Colaborou com essa reportagem: AbraHosting (Associação Brasileira de Empresas de Infraestrutura de Hospedagem na Internet) - http://abrahosting.org.br e Hostnet (Colaborou com essa reportagem: AbraHosting (Associação Brasileira de Empresas de Infraestrutura de Hospedagem na Internet) - http://abrahosting.org.br e UOL Host (www.uolhost.com.br)

Se você acompanha as estatísticas da sua loja virtual, provavelmente, já deparou com o seguinte quadro. O consumidor acessa o e-commerce. Escolhe alguns produtos, coloca os itens no carrinho de compra e, quando chega ao checkout - a tela de encerramento e confirmação do pedido -, desiste e abandona o site.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Baymard, 27% dos compradores desistem de comprar quando o processo de checkout é muito longo e complicado. Mas como saber se esse é o caso da sua página?

Segundo o instituto, um fluxo ideal de encerramento de compra tem entre 12 e 14 elementos. Contudo, o relatório indicou que boa parte das empresas tem, em média, mais de 23 elementos para ser lidos e preenchidos pelo visitante. Quase o dobro do recomendado!
Quer saber como você pode ter uma página de checkout mais enxuta e eficiente? Vamos descobrir isso agora!

Menos é mais
Agora você já sabe: quanto mais curto e objetivo for seu checkout, menores são os riscos de desistência. Comece planejando o seu checkout baseado nas informações mínimas que você precisa do consumidor para garantir que ele vai pagar e receber o seu produto, como nome, CPF, endereço e telefone. Tudo aquilo que não for realmente necessário deve ser cortado da página.

Login e redes sociais agilizam o processo

Se ele já for seu cliente e tiver um cadastro na loja, deve ser capaz de fazer a compra sem ter de preencher novamente todas as informações. O ideal é que todos os consumidores tenham um login e senha e que dados como número de cartão de crédito e endereço já estejam atrelados a esse registro.
Quando se tratar de um cliente novo, automatize o processo! Muitas lojas, atualmente, oferecem a possibilidade de usar informações de redes sociais, como o Facebook, para agilizar o preenchimento de informações.

Não esqueça do frete

O frete também é um dos elementos que podem culminar em abandono de carrinho, então não deixe para informar sobre o valor da entrega só quando o boleto for gerado. O preço deve ser calculado ainda no checkout.

Também é interessante oferecer algumas opções, como entrega expressa, agendada ou simples, ou embalagem para presente. Deixe claro que, dependendo da modalidade escolhida, o valor e a estimativa do prazo de entrega também devem mudar.

Ofereça opções de pagamento

Não existe nada mais desagradável do que se apaixonar por um produto e descobrir que a forma de pagamento que você gostaria de usar não é aceita pela loja. Pagamento por boleto, transferência bancária, débito online e cartões de crédito são algumas das formas preferidas para pagar produtos na internet, e é interessante que você as aceite.

Quanto mais formas de pagamento você disponibilizar, maior é o número de consumidores que poderão comprar na sua loja.

Tenha uma boa ferramenta
Existem várias ferramentas para receber pagamentos, mas você deve escolher a dedo aquela que tem o melhor custo-benefício e oferece mais proteção e conveniência para você e o seu cliente.
Alguns meios de pagamento exigem muitos passos online e abrem várias janelas na tela, o que pode irritar o cliente e fazê-lo desistir de comprar. Outras não proporcionam tanta segurança, algo que é indispensável quando estamos lidando com dados como número de documentos, endereços e informações de cartões de crédito. Então muito cuidado com a sua escolha!

Crie etapas e mostre o progresso
Se você precisa de muitas informações, em vez de colocar um formulário gigante solicitando todas elas, divida o processo em etapas, de forma que o visitante possa ir concluindo passos até a finalização do pedido.

Você pode dividir esse caminho em confirmação do pedido ? onde ele terá a chance de verificar se todas as características estão certas, como cor, quantidade, tamanho etc. ?, confirmação do endereço e pagamento.

É importante mostrar o progresso enquanto os campos são preenchidos, para que o cliente veja que está avançando. Uma ideia é criar abas de informações no checkout ou sinalizar que ele está na tela 1 de 3, depois vai para a tela 2 de 3 e, finalmente, concluirá o pedido na terceira tela.

Tenha uma tela de confirmação
Parece óbvio, mas muitas empresas se esquecem de criar uma boa tela de confirmação depois que o pedido é concluído. Sem ela, o comprador pode ficar confuso se a operação realmente funcionou ou não, o que pode acabar em uma grande confusão.

Uma simples mensagem de "Pedido recebido com sucesso", acompanhada de instruções de pagamento ou do caminho para que ele acompanhe o processamento da compra, é o suficiente para tranquilizar o consumidor.

Fonte: UOL Host (www.uolhost.com.br)

Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)