]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
É mestre em computação pela PUC-Rio com ênfase em Interação Humano-Computador (IHC), sócio-fundador e diretor executivo da SEO Master, empresa de consultoria especializada em Search Engine Optimization.
SEO e Marketing de Conteúdo
SEO e Marketing de Conteúdo - 23/06/2014
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Marketing de Conteúdo é a expressão do momento. Em meio às mídias sociais, muitas empresas ainda engatinham na busca por apresentar exatamente o que o consumidor deseja: informação relevante e conteúdo compartilhável. E é por isso que a gente resolveu mostrar algumas dicas de como trabalhar essa ideia de forma estratégica e eficiente. Vem com a gente!

Em primeiro lugar: o que é?
É preciso ficar claro: investir em Marketing de Conteúdo é esquecer velhas fórmulas de venda e publicidade. Sua comunicação agora precisa se desvincular dos objetivos mercadológicos de curto prazo e pensar lá na frente. Marketing de Conteúdo é longo prazo. É uma construção de relevância e reputação positiva. É trabalhoso, mas alcança resultados difíceis de derrubar depois.

Dito isso, podemos dizer: Marketing de Conteúdo é fornecer informações, conteúdos e ideias importantes para o consumidor, desvinculados da venda imediata. É se transformar em uma fonte de confiança para o indivíduo, em um lugar certo para encontrar o conteúdo procurado. Em tempos de mecanismos de busca, quando todo mundo tira todas as suas dúvidas pelo Google, ser exatamente o resultado que o público estava esperando é sair, com certeza, na frente.

"Produza, produza, produza. Quanto mais conteúdo melhor"


Mas como fazer isso? Que conteúdo eu posso apresentar?
É claro que sua empresa não vai fornecer conteúdos aleatórios. O primeiro passo é aquele que você já está acostumado: saber o que o cliente quer. Quais são seus interesses? O que ele anda buscando por aí? Depois disso, filtrar a partir do seu próprio segmento. O que você vende? Seu produto/serviço está associado a que momento de vida do seu consumidor? Não é à toa que as marcas de cerveja estão sempre muito bem presentes em mídias sociais: produzindo conteúdo de humor, investindo na ideia do compartilhamento. Claro, o núcleo base da cerveja é a socialização, o encontro com amigos, o entretenimento. Estar presente exatamente onde ocorrem esses encontros, participando das conversas, oferecendo coisas que podem ser compartilhadas, é fundamental para ser relevante. E não só ficar postando promoções e propaganda da marca. Quem quer compartilhar isso?

Além disso, você precisa mostrar que tem domínio daquilo que vende. Óbvio que se sua empresa é um curso de idiomas, eu vou acreditar que você sabe tudo sobre a língua e a cultura dos países em questão. Apresente esse conteúdo em um blog da marca e nas mídias sociais. Mostre curiosidade sobre os países, a diferença entre as línguas; produza memes bem humorados com trocadilhos etc. Produza, produza, produza. Quanto mais conteúdo melhor. E compartilhe, claro.
E ainda: mesmo que a sua praia não seja a venda online, não negligencie o poder do Marketing de Conteúdo para as suas vendas offline. Os consumidores não usam a internet apenas para comprar, mas para decidir sobre o seu consumo. Mostrar relevância aqui é gerar lembrança de marca para que ele decida por você na gôndola do supermercado.

"É possível falar a mesma coisa explorando as potencialidades de cada plataforma. Esteja presente em todas com o seu conteúdo"


Fique atento às oportunidades!
Você já sabe: timing é fundamental. Saiba sobre o que o seu público anda falando e pesquisando. Esteja atento aos assuntos do momento, às notícias, a tudo que envolve a conversa do seu consumidor. Todo dia pode aparecer uma chance de você criar um conteúdo novo, importante, que pode ser associado estrategicamente à sua marca. Além disso, se, por exemplo, você é um e-commerce de produtos diversos, é fundamental saber quais os produtos mais procurados em determinado mês. Por que as pessoas procuram esse produto nesse período? Não só você precisa deixar o seu estoque bem abastecido com o produto da vez, quanto precisa oferecer conteúdo e mais conteúdo sobre ele e o motivo da sua compra. Em outras palavras: se o mês é junho, tem festa junina e você descobriu que há muita compra e procura por camisa xadrez, trate de colocar bastante camisa xadrez no seu estoque e de produzir conteúdo sobre: combinações de roupa com camisa xadrez; celebridades com camisa xadrez; a história da camisa xadrez; como vestir camisa xadrez; como não vestir camisa xadrez e tudo o que você possa dizer e explorar sobre o assunto.

Utilize diversas plataformas!
Não esqueça que o caminho que o consumidor faz na web não é único. Eu não vejo só texto, ou só procuro imagens ou só me interesso por vídeos. É possível falar a mesma coisa explorando as potencialidades de cada plataforma. Esteja presente em todas com o seu conteúdo! Você é uma empresa de chuveiros e duchas e acaba de escrever no blog sobre a importância de uma boa instalação elétrica para o funcionamento do produto? Coloque um tutorial no Youtube; mostre no blog um passo a passo com imagens em ótima resolução; compartilhe no Facebook, Google + e Twitter; monte um minicurso sobre instalação elétrica para chuveiros e duchas e poste no Slideshare; e ainda coloque no Instagram fotos de lindos banheiros com seu chuveiro instalado. Explore tudo o que você puder!

Marketing de Conteúdo é o melhor amigo do SEO
Por fim, SEO. É fato que os mecanismos de busca estão cada vez mais dando relevância aos sites para a escolha de quem vai aparecer nas melhores posições do resultado. Por isso, fazer Marketing de Conteúdo é estar mais presente nos resultados de buscas orgânicas e conseguir mais visitas e conversões.

Lembre-se que a cada nova atualização do algoritmo do Google, como o Panda 4.0, o Google diminui o ranqueamento de sites que têm conteúdo de baixa qualidade ou pouca informação relevante para o usuário. Portanto, para que você fique no topo das buscas orgânicas, dar valor à produção de conteúdo é essencial.

Sendo assim, faça pesquisas de palavras-chave e produza conteúdos e mais conteúdos associados ao seu segmento. Aumente as suas chances de aparecer nas buscas do seu público-alvo. Esse é o único caminho realmente eficaz para ser uma marca forte para o Google e, o que é fundamental, para o usuário.

E mais! Se você for um e-commerce, não esqueça das suas páginas internas: de produto, categoria etc. Elas são a porta de entrada do usuário para o seu site, e se estiverem cheias de conteúdo relevante são o chamariz que você precisa para garantir as vendas e as indicações positivas. Quer saber mais sobre como cada elemento das suas páginas internas pode te ajudar a melhorar as conversões e otimizar a sua loja em SEO? Confira no Guia SEO para E-commerce!

É isso. Esperamos que você tenha percebido a importância do Marketing de Conteúdo em tempos de consumidores cada vez mais exigentes e sem tempo. Se você pretende colocar a sua marca no topo (em vendas e em SEO), fique atento a estas táticas e fortaleça a sua imagem na mente do consumidor. Não perca tempo e comece já a traçar a sua estratégia de conteúdo. Mãos à obra!

Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)