]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
É profissional de internet desde 1996 e passou pelas maiores agências e empresas do país: Wunderman, AlmapBBDO, AgênciaClick, Banco Real ABN AMRO, Microsoft Brasil. É criador da \"Usina.com\", portal focado no mundo online, e do \"Radinho de pilha\" (www.radinhodepilha.com), comunidade de profissionais da área. E-mail: renedepaula@gmail.com
Em nome do Futuro
Quem não quer, afinal, um futuro lindo e muito, mas muito mais bacana que o nosso presente imperfeito? - 26/10/2015
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!



Futuro é um tema bacana. Tem gente por aí que vive disso, de falar sobre o futuro. As pessoas gostam. Quem não quer, afinal, um futuro lindo e muito, mas muito mais bacana que o nosso presente imperfeito?

O futuro está logo ali, eles dizem. O futuro é inexorável, não adianta resistir. O que ninguém fala, claro, é como chegar ao futuro ou se alguém vai ficar de fora. Ou você acha que o futuro lindo vai cair prontinho e completo de paraquedas no nosso colo, direto do trenó do Papai Noel? Os brinquedos do bom velhinho dizem que são feitos por mão de obra estranha, gnominhos em condições trabalhistas duvidosas, mas o futuro é a gente que faz. Mesmo quando a gente não faz nada, aliás, estamos fazendo futuro. Um futuro broxa, claro.

Ok, ok, lá vou eu broxar a magia alheia, eu não tenho jeito. Se você me der um pouco de crédito, porém, acho que posso te encantar com uma magia mais legal do que essa, de tirar futuros da cartola. Vou fazer um caminho meio tortuoso mas, se você me seguir, acho que vai valer a pena.

Comecemos por Pol Pot, um personagem obscuro mas que tinha uma visão claríssima do melhor futuro pro seu país, o Camboja. (Não se preocupe, eu também não sei onde o Camboja fica no mapa, sou uma anta em geografia.) O futuro do Pol Pot seria justo, igualitário e próspero, livre dos mil problemas que havia por lá. Como você não lembra do Pol Pot nem do Camboja, dá pra imaginar que o plano não deu certo. Pro tal futuro glorioso acontecer, o caminho foi, digamos, disruptivo demais: Pol Pot esvaziou todas as cidades (cidades eram um problema), mandou todo mundo pro campo e, pelo sim pelo não, executou sumariamente todos os intelectuais do país. Professor? Poeta? Cientista? Filósofo? Jornalista? Essa gente não estava pronta pro futuro e foram todos eliminados. Milhões de mortos, milhões.

O futuro desse sonho futurista é o Camboja do presente, um país devastado que não tem nem mais professores pra educar a própria juventude. Um desastre.

Esse maluco não foi o único, o século vinte foi um festival de malucos carismáticos anunciando um futuro arrebatador e levando a multidão ao delírio. Esses nomes aqui você conhece: Hitler, Stalin, Tito, Mao, Fidel... À direita e à esquerda não faltaram arautos de futuros espetaculares, e as vítimas de suas "inovações disruptivas" são dezenas de milhões.

Ok, ok, não há mais espaço pra que loucos desse calibre façam tanto estrago de novo. Não dá mais pra um tirano encantador impor de cima pra baixo uma visão de futuro que atropela sem dó todos os que não estão prontos. O mundo evoluiu, tudo está mais transparente, acessível, democrático, e o presente em que vivemos está bem perto do futuro bacana que alguns visionários do Bem imaginaram décadas atrás.

E como esse futuro dos antigos virou o nosso presente? As histórias são super inspiradoras, muitas delas ninguém conhece, e quando a gente não sabe como as coisas vieram a ser o que são tudo parece mágica.

Mágico, pra mim, é ver como algumas pessoas inspiradas e corajosas foram, passo a passo, abrindo esse nosso mundo novo.

Eu vou dar um exemplo, ou melhor, vou dar 40 exemplos: já que ninguém comemorou direito os 20 anos de web no Brasil, eu resolvi resgatar as histórias de 40 pioneiros do digital no país. Michel Lent, Martha Gabriel, Suzana Apelbaum, Adriana Melo? conversei com muita gente boa, pioneira e batalhadora que fez ao longo de décadas o nosso presente muito, mas muito mais legal. As conversas estão todas aqui no Guia dos Perplexos, sem cortes e sem salto alto: http://guiadosperplexos.tv . Vá assistindo sem pressa.

Eu espero que essas grandes figuras te inspirem a criar dia a dia, criação a criação, aventura a aventura um futuro muito legal, e que você também faça parte do passado de um futuro maravilhoso. O futuro se faz dia a dia, não tem mágica.

Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)